Implantes Dentários

Tire as suas dúvidas connosco

"Experiência de mais de 500 Implantes"

1. O que é um implante dentário?

É um dispositivo confeccionado em titânio puro que, introduzido nos ossos maxilares, substitui a raiz de um dente natural na sustentação ou retenção de uma prótese.

2. Há limite de idade para se fazer implantes?

A única limitação é para jovens que ainda não atingiram o total crescimento craniofacial.
Não há limite para a terceira idade.

3. O que permitem os implantes?
  • Repor um ou mais dentes perdidos sem desgastar os dentes vizinhos
  • Dar retenção à sua prótese removível
  • Substituir a sua prótese removível por uma prótese fixa
  • Melhorar a qualidade de vida, eliminando muitas inseguranças e constrangimentos associados a ausência de dentes ou a próteses removíveis tradicionais, e melhorando a sua estética e mastigação
4. Os implantes são uma solução durável?

O sucesso do implante a longo prazo está directamente relacionado com as condições ósseas e sistémicas do paciente, e da higiene oral do paciente. É imperativo que o implante seja conservado rigorosamente limpo.

5. Vou sofrer quando fizer o implante?

A cirurgia de implantes é feita sob anestesia local. Assim que a anestesia fizer efeito, todos os procedimentos são indolores. Depois da cirurgia, o paciente estará sob o efeito de medicamentos que asseguram o seu bem-estar.

6. Quanto tempo demora a fazer um implante?

A cirurgia para fazer um implante demora cerca de 30 minutos.
O implante ficará a cicatrizar 3 a 4 meses, e depois é realizada a coroa sobre o implante.

7. Fico sem dentes durante o tratamento?

Em alguns casos é necessário que o paciente fique sem a sua prótese removível durante alguns dias para que a ferida cirúrgica não seja traumatizada. Todavia, na maioria dos casos com envolvimento estético, instala-se uma prótese transitória logo após a cirurgia.

8. O que devo fazer depois da cirurgia de implantes?
  • Colocar bastante gelo por fora
  • Não fazer esforços físicos
  • Não bochechar intensamente
  • Não comer alimentos duros ou quentes
  • Não apanhar sol

O pós-operatório será tanto mais complexo quanto o nº de implantes colocados.
O pós-operatório da cirurgia de um único implante é similar ao pós-operatório de uma extracção dentária.

9. Há contraindicações para fazer implantes?

Algumas doenças exigem o adiamento ou contraindicam a colocação de implantes: Sida, Cardiopatias graves, Diabetes não controlada, Gravidez, Irradiados, etc. A osteoporose não é contraindicação para a colocação de implantes.

10. Depois de fazer os implantes não terei mais problemas?

É fundamental que os pacientes portadores de prótese sobre implantes façam uma revisão pelo menos uma vez por ano. Caso haja qualquer problema será mais fácil solucioná-lo.

11. Qual é o índice de sucesso?

As estatísticas registam um índice de sucesso cirúrgico maior que 95%, mas como em todas as cirurgias também há riscos. O maior risco é o implante não ser envolvido por osso e não ficar tão firme como se deseja.

12. A prótese sobre implantes se equipara aos dentes naturais?

Não. A prótese sobre implantes não se equipara a um dente natural, tal como um avião jamais se equiparará a um pássaro. É um recurso terapêutico criado pelo homem. Pode dar-lhe conforto e segurança, pode aumentar a eficiência mastigatória, pode restabelecer o sorriso e a espontaneidade, mas será sempre um trabalho artificial baseado na evolução científica, nas disponibilidades tecnológicas atuais e na busca incessante da perfeição.

Preços